• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT Bahia comandará o bloco da resistência durante a Lavagem do Bonfim

A CUT Bahia dá início à luta por direitos nas festas populares, numa das principais comemorações e demonstrações de fé da Bahia, a Lavagem do Bonfim

Publicado: 14 Janeiro, 2020 - 19h55 | Última modificação: 14 Janeiro, 2020 - 20h27

Escrito por: Ascom CUT Bahia

notice

O bloco da resistência e luta da CUT Bahia estará em uma das maiores manifestações popular do estado, a Lavagem do Bonfim, em Salvador, na quinta-feira (16). Com o tema deste ano, “Se é público é para todos e todas”, representantes e dirigentes da central estarão agradecendo, renovando a fé, mas principalmente alertando a sociedade sobre os impactos sem precedentes relacionados à proposta do governo federal de vender algumas das principais estatais do país.

É uma proposta de impactos bastante negativos, como se pode observar: além do enfraquecimento da soberania nacional, a venda da Petrobras resultará para brasileiros (as) no aumento de combustíveis, gás de cozinha e perda de postos de trabalho; a privatização dos Correios acarreta provocará altas das tarifas postais e no desemprego; já a transferência da Eletrobrás para o capital estrangeiro deve levar a aumentos ainda maiores no preço da energia, desatendimento de que mora no campo e queda acentuada na qualidade dos serviços.

E quem ganha com isso? Este será um dos questionamentos que levaremos nas faixas e cartazes em meio ao tapete branco dos oito quilômetros da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, até a Colina Sagrada, no Bonfim. Nós, CUTistas, avançaremos nesse percurso com muita fé, mas também faremos o contra ponto necessário para a sociedade refletir sobre a necessidade da luta e manutenção dos direitos conquistados pela classe trabalhadora do país.

A presidente da CUT Bahia, Leninha, reforça a chamada para os CUTistas baianos acompanharem o bloco da CUT durante a festa do Bonfim. “Durante a lavagem caminharemos juntos e manteremos nossas bandeiras de lutas, tão necessárias nessa conjuntura política que só tenta desconstruir nossas conquistas. Reafirmaremos o lema de nenhum direito a menos para a classe trabalhadora”, afirma a líder sindicalista.

Outra bandeira de luta durante a Lavagem do Bonfim será exigir a retirada reforma da Previdência dos servidores públicos da Bahia, PEC 158, de votação na ALBA. Por entendermos que mudanças tão profundas que afetam o planejamento de parte dos trabalhadores da Bahia que pensam em aposentar precisa de debates e adequações a realidade da classe trabalhadora da Bahia.

Vamos juntos, todos (as) em unidade rumo ao Bonfim!

SERVIÇO:

CUT Bahia na lavagem do Bonfim “Se é público é para todos e todas”

Data: 16/1 (quinta-feira)

Horário: 7h30

Concentração: Praça da Inglaterra (Comércio)