• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

ATO REAFIRMA A PRESSÃO E LUTA DA BAHIA CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Publicado: 11 Julho, 2019 - 15h24

Escrito por: Ascom CUT Bahia - Aline Damazio

notice

“CUT Bahia será sempre resistência a essa reforma que incentiva privilégios, impõe que os mais pobres assumam a conta, além de não respeitar o gênero, retirar pensões dos que mais precisam, mantêm as pensões milionária, desrespeitam os rurais e excluir o trabalhador autônomo. Essa reforma da Previdência de nenhuma forma pensa no povo brasileiro”, com esse fala direta, o presidente da CUT Bahia, iniciou a mobilização contra a reforma da Previdência, na manhã desta quarta-feira, (10), na praça da Piedade.

O ato realizado com a CUT Bahia, demais centrais e movimentos sociais na Bahia, foi em sincronia com manifestações nacionais que reforça a luta de resistência contra a reforma da Previdência, nas ruas estamos junto com a população para fazermos pressão nos parlamentares para votem com o trabalhador e a trabalhadora e digam não para esta proposta. E no congresso, nosso parlamentares de esquerda fazem a obstrução da oposição e pedidos para a retirada da proposta da pauta do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

O tempo é curto, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), tenta aprovar em dois turnos a PEC 006/2019, da reforma da Previdência, até a próxima sexta-feira (12), por isso, as ruas também será nosso local de expressar nossa insatisfação com as regras para acabar com a aposentadoria no Brasil.

Cada mobilização é importante, seja nos atos públicos, como também nas redes sociais, com amigos e familiares vamos juntos compartilhar a pressão contra a reforma que tenta levar os (as) brasileiros (as) para um modelo de capitalização insustentável e injusta com os (as) trabalhadores (as) que tenta aplicar o sistema de capitalização do Chile que anos depois a população luta para tirar esse sistema e não consegue.

“Nós CUT Bahia e classe trabalhadora, juntos escrevemos uma história de luta, conquistas e avanços. A mobilização do povo é uma das principais ações para barrar essa tentativa de retirada de direitos da classe trabalhadora e aposentados. Não vamos permitir o fim da sua aposentadoria”, afirma o presidente da CUT Bahia.

Próxima mobilização

A luta continua, dia 12/7, a CUT e demais centrais sindicais estão organizando um ato Nacional em defesa da aposentadoria em Brasília, junto com a União Nacional dos Estudantes (UNE).