• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Ato em defesa da Petrobras Biocombustível acontecem em várias cidades quarta (2)

Há 13 dias em greve, os trabalhadores da PBio lutam por seus empregos e direitos e reivindicam a mudança do modelo de venda das usinas de biodiesel.

Publicado: 01 Junho, 2021 - 21h56

Escrito por: SINDIPETRO-BAHIA

Sindipetro
notice
Defender a Petrobras é defender o Brasil

A quarta-feira (02) é dia de luta em defesa da Petrobras Biocombustível (PBio). Serão realizados atos nas usinas de Candeias (BA) e de Montes Claros (MG). No Rio de Janeiro, onde está localizada a sede da subsidiária, também haverá mobilização.

Na Bahia, o ato, em frente à PBio Candeias, acontece a partir das 7h e contará com a presença de representantes de diversos sindicatos, de movimentos sociais e da juventude, além de parlamentares.

Há 13 dias em greve, os trabalhadores da PBio lutam por seus empregos e direitos e reivindicam a mudança do modelo de venda das usinas de biodiesel. Concursados, eles querem ser incorporados a uma das unidades do Sistema Petrobrás, como vem acontecendo nos casos de venda dos ativos da estatal.

O ato acontece no mesmo dia da audiência de conciliação, entre as partes, designada pela Ministra Delaíde Alves Miranda, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), relatora do processo coletivo de dissídio de greve da Petrobras Biocombustível.

A audiência, que acontece ás 16h, através de plataforma de videoconferência, é uma tentativa de conciliação, antes da realização do julgamento do dissídio, que foi solicitado pela Petrobras Biocombustível.

Participam da audiência, os representantes da empresa, do Sindipetro Bahia, Sindipetro Minas Gerais e Sindipetro RJ, assim como os seus advogados, além de um representante do Ministério Público do Trabalho.

As entidades sindicais vão defender a legalidade do movimento e a incorporação dos trabalhadores da Petrobras Biocombustível pela Petrobrás, uma vez que são todos concursados. Também fará parte da pauta dos Sindicatos o pagamento dos dias dos grevistas, além da discussão sobre a decisão proferida pela Ministra em tutela de urgência, de manter um percentual mínimo de 70% de trabalhadores nas unidades da empresa, em Candeias (Bahia), Montes Claros (Minas Gerais) e Rio de Janeiro.

Tuitaço

Também está programado um grande tuitaço, das 14h às 19h, desta quarta, em defesa da Petrobras Biocombustível e em apoio aos grevistas. Participe também desta manifestação através da sua conta de Twitter usando as hastags #PBIOFICA , #EuApoioGrevePbio, #PetrobrasParaOsBrasileiros , #SustentabilidadeNãoSeVende e #PorUmaPetrobrasPúblicaeIntegrada.

Fonte – Imprensa Sindipetro Bahia