• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

NAS RUAS DEMOS EXEMPLO DE RESISTÊNCIA EM DEFESA A EDUCAÇÃO E APOSENTADORIA

Publicado: 30 Maio, 2019 - 18h36

Escrito por: Ascom CUT Bahia Aline Damazio

notice

Neste dia 30 de maio, a CUT Bahia, trabalhadores e estudantes ocuparam as ruas da capital e do interior unidos por dois ideais: defesa da educação e para dizer não a reforma da Previdência.

Mais de 20 mil pessoas no Campo Grande, outras milhares nas praças e largos nas demais cidades do Estado atenderam ao chamado no Segundo Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Educação e contra Reforma da Previdência e com cartazes, falas, faixas ou a tradicional camisa vermelha e o boné da CUT avançaram chamando a atenção que o direito a educação pública de qualidade e de se aposentar estão sob ataque é que a população não vai ficar assistindo a mais essa tentativa de desmonte.

"Brasileiro não tem tradição pra ser golpista, vamos estar nas ruas até derrubar esse governo fascista. Já sabemos o que é um país com crescimento e desenvolvimento e empregos, é esse pais que queremos, por isso, não aceitaremos nenhum retrocesso", destaca o presidente da CUT Bahia, Cedro Silva.

Para a presidente do Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia (Apub), Raquel Nery os estudante também foram protagonista deste ato. “E a força de mobilização da juventude. As entidades estão organizadas, apoiaram, impulsionaram o movimento. A expectativa é de que os protestos desta quinta reúnam mais gente em relação aos feitos no dia 15. E que resulte em greve geral maior ainda”, afirma.

Durante toda a manhã, os atos seguiram de forma crescente e ampla nas cidades de Camaçari; Feira de Santana; Juazeiro; Irecê; Teixeira de Freitas; Porto Seguro; Itabuna; Jequié; Paulo Afonso; Ilhéus; Serrinha; Irecê; Alagoinhas; Santo Antônio de Jesus; Maracás e Catu.

"Hoje dia 30 de maio grande manifestação nas ruas de Salvador contra o desmonte da Educação Pública brasileira, contra a reforma da Previdência e pela imediata libertação de LULA. Democracia urgente", acrescenta Martiniano Costa, vice-presidente estadual do PT.

A Bahia foi sede de amplos atos em todo o estado, a mobilização de hoje demonstra o quanto a população, trabalhadores (as) e estudantes estão unidos contra a retirada de direitos básicos do Brasil, e que vamos seguir lutando de maneira mais forte avançaremos rumo à greve geral do dia 14 de junho.

 

Ato em Salvador

 

Ato em Santo Antônio de Jesus

 

Ato em Camaçari

 

Ato em Feira de Santana