• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT Bahia parabeniza todos os (as) profissionais de limpeza por seu dia

Dia do gari na Bahia

Publicado: 16 Maio, 2018 - 08h31

Escrito por: ASCOM CUT- BA - Aline Damazio

notice

Dia 16 de maio é comemorado o Dia dos Trabalhadores de Limpeza, os garis, profissionais essenciais para asseio da cidade, manutenção de nossa saúde e de ordenamento do dia a dia de nossa sociedade.

Mas, hoje e durante o ano, o que esses importantes profissionais têm a comemorar? Como cada um de nós podemos melhorar o dia de trabalho dos profissionais de limpeza. Para saber dessa realidade, entrevistamos, a coordenadora do Sindilimp Bahia, Ana Angélica Rabello, que revelou pontos importantes, o Dia do gari também é o Dia do trabalhador terceirizado, assim como o gari ainda enfrenta muitos desafios tanto no trabalho quanto o respeito aos direitos da categoria. Mas que com a atuação do Sindilimp junto aos trabalhadores (as) da categoria avanços e conquistas se tornaram reais para melhoria das condições de trabalho e vida dos garis.

O presidente da CUT Bahia, Cedro Silva, também saúda os trabalhadores de limpeza pelo seu dia. “Quero parabenizar em nome da Central Única dos Trabalhadores todos os profissionais de limpeza, asseio e conservação do estado. E dar os parabéns também ao Sindilimp pela atuação forte que vem conquistando melhores condições de trabalho, aumento reais de salário, alcançando cada vez mais avanços para essa categoria que ajuda a manter a cidade limpa que é sinônimo de saúde. Todo nosso respeito a esses trabalhadores. Saudação especial para representante da categoria, o vereador Suíca, a coordenadora Ana Angélica, o guerreiro Edson Conceição. A CUT Bahia se compromete em estar junto a esse trabalhadores (as) para que sejam mantidos todos seus diretos. Vamos continua na luta exigindo mais respeito e garantia do que já foi conquistado. Parabéns pelo seu dia, companheiros (as) estamos na luta juntos até a vitória” destaca Cedro.

Hoje o Sindilimp promoveu homenagens, como café da manhã nos postos de trabalho, para os trabalhadores de limpeza, na capital e no interior da Bahia.

Confira a entrevista da coordenadora do Sindilimp Bahia, Ana Angélica Rabello

P- Quais são os principais desafios para os garis?
R- o desafio para os garis primeiro é o próprio trabalho. Em uma cidade com mais 3 milhões de habitantes, percebemos que a metrópole cresce, mas não proporcionalmente a quantidade de trabalhadores, como era há 20 anos. Então observamos como uma problemática, pois se construíram muitos prédios, condomínios e uma carga horária de 7 horas e 20 minutos com 1h30 de descanso se transforma em 20 h. Muito engarrafamento nas vias, um gari que faz coleta lixo na Barra tem que ir para o CIA para “ vazar” o caminhão, do outro lado da cidade. O aterro que é em Canabrava também é outra problemática. Todas essas situações dificultam o trabalho, além de perder o horário. O Sindilimp tem trabalhado muito isso melhor maneira de se fazer coleta numa uma metrópole como Salvador.

P- Quais foram os avanços da categoria?
R- Eu estou no meu quarto mandato cheguei aqui em 2004, sou trabalhadora terceirizada, e como coordenadora como o Sindilimp é uma diretoria colegiada, conseguimos avançar com o trabalho de todos, pois ninguém trabalha sozinho. E um dos principais avanços foi a assistência médica para categoria. Pois o ser humano que cuida das vias públicas, retirando o lixo, nos proporcionando saúde, também merece todo cuidado com a saúde . Eu cobro muito nas assembleias que eles usem as luvas, coloquem os cones nas vias quando estão varrendo e todo o material necessário para evitar acidentes de trabalho e que cuidem da saúde. O pagamento do plano de saúde é decrescente com 5 anos de empresa começa diminui 1% do valor tem trabalhador que não paga mais o plano devido há muitos anos trabalhando no mesmo local. Também outro avanço é ter um representante na Câmara de Vereadores, aqui em Salvador, o Suíca. Lembro que fizemos uma festa tão especial, no Dia do gari. É visibilidade merecida para esse profissional.

P – Considera que os garis já ganharam o respeito merecido que requer a profissão?
R- Eu acho que a visibilidade a gente tem adquirido, muito através de nossos representantes. É muito gratificante o reconhecimento de trabalhadores dos verdadeiros guerreiros. Mas um pedido constante é que o gari valorize a vida dele. Já tivemos atropelos de trabalhadores, pessoas que foram amputadas trabalhando, ainda temos casos de que pessoas deixam objetos perfuro cortantes no lixo e o (a) trabalhador (a) se machuca por isso o Sindilimp faz esse trabalho dia a dia nos bairros de valorização, cuidado e respeito com o profissional.

P- Como a sociedade pode melhorar o trabalho do gari?
R - Um ponto crucial é o descarte do vidro e outros objetos que podem cortar o gari. Nós temos trabalhadores que perderam o dedo, tem vários com arranhões. Agora, o Sindilimp conseguiu junto com a empresa melhorar a qualidade das luvas dos profissionais, um material mais resistente. Isso ajuda, mas o próprio morador não ajuda, pois algumas vezes jogam lixo com o pensamento de que existe o trabalhador para recolher isso...Então o que a gente precisa é educação investir mais em campanhas educativas. Não jogar lixo pela janela do carro, pois pode gerar até um acidente Mas está caminhando, a população de hoje não é a população de ontem. Outra pratica para melhorar o trabalhado é jogar lixo dentro do coletor de lixo não em torno dele. Ter mais desse equipamento na cidade. Colocar o lixo no dia e na hora certa da coleta. E que os catadores também se conscientizem nada de rasgar o saco de lixo e deixar espalhado na via. Nem jogar lixos nas parais levem seus saquinhos, todos agradecem.

P – Com esse governo golpista, de Temer que gera retrocessos, quais foram as perdas para a categoria?
R- As perdas vem com toda problemática da reforma trabalhista implementada por esse governo golpista. O Sindilimp mesmo com essa reforma, conseguimos atingir 99,9%, de filiação da categoria. Isso é um reconhecimento dos trabalhadores que confiam e sabem qual é papel do sindicato na defesa de seus direitos. Sempre fomos contra o imposto sindical, mas a gente trabalha aqui em prol do Trabalhador Então nada mais do que justo da gente manter esse aqui vivo e com capacidade de atuar.

P – Qual é o recado que você manda para os garis nesse dia do gari?
R- Vou deixar um recado bom já falando da valorização desses profissionais. Sabe o motivo do dia 16 de Maio ser conhecido como dia do gari? Tem uma história que foi um espanhol que faleceu , ele foi o primeiro um varredor de rua e o nome dele era Garry ...Então aí botaram o Dia do GARI. Mas o Sindilimp não se representa só a limpeza urbana o Dia do Gari também é o dia dos Trabalhadores Terceirizado, pois não é só na limpeza também a gente representa a administração, a merendeira, todos os profissionais de asseio conservação onde têm várias funções. E quero parabenizar esses guerreiros, que continuem fazendo esse excelente , mas que cuidem de sua formação, estudando, evoluindo, cuidando da saúde e que Deus abençoe todos os dias.

carregando