• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT Bahia leva resistência e luta do povo as ruas durante as comemorações do 2 de julho

A central representou as bandeiras de luta da classe trabalhadora e do povo

Publicado: 03 Julho, 2018 - 07h15

Escrito por: ASCOM CUT- BA - Aline Damazio

notice

São 195 anos de comemorações cívicas pela Independência da Bahia, mas este ano o 2 de julho contou com um diferencial, a grande maioria assumiu “seus times”, de um lado a CUT Bahia junto aos sindicatos CUTistas, movimentos sociais e políticos de esquerda levando suas bandeiras de protesto dando voz dando vez ao povo através de cartazes, bandeiras e os clamores da população, na luta e resistência por soberania, democracia e direitos, recebemos apoio e palmas da população. Já do outro lado, representantes de uma direita entreguista, que tenta retirar direitos dos trabalhadores, aumentam impostos e atuam apoiando a política que em oprime a população, financeira ou socialmente.

A concentração do nosso time, teve horário antecipado para às 7h30, seguimos em cortejo e em “ campo” com apoio da torcida do povo vencemos nas ruas através de aplausos, ritmados com as músicas do Levante da Juventude e Charanga da Alegria que davam um ritmo musical ao nosso protesto que resistia também por mais democracia Lula Livre, Lula candidato. 
A caminhada por mais democracia contou com a com a presença do governador da Bahia Rui Costa (PT), o presidente do PT , Everaldo Costa, o ex-ministro da Casa Civil, Jacques Wagner, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA).

E mais uma vez, a CUT Bahia representou durante todo o percurso do Largo Lapinha ao Pelourinho, a luta do povo baiano colocando na rua a resistência de hoje com dirigentes da CUTistas e representantes de movimentos sociais, enfrentamento de hoje que se misturou com a história com pessoas fantasiadas de heroínas como Maria Felipa, Joana Angélica e Maria Quitéria, também o caboclo e da cabocla ícones da luta e resistência baiana.

O presidente da CUT Bahia destacou a que a CUT há 35 anos realiza histórica resistência na Bahia e no Brasil. “A Central Única dos Trabalhadores está nas ruas mandando um recado para os políticos inimigos dos trabalhadores que estaremos junto com a população continuaremos nas trincheiras de luta defendendo o Brasil, a soberania do país e a classe trabalhadora” ressalta Cedro.

A fundamental união entre A CUT, o Sindipetro, Sincotelba, Sinergia, Sindae realizou um dos mais significativos desfiles durante caminhada do 2 de Julho em um dos momentos tão importante para reforçar a força que vem do povo para luta por uma sociedade mais justa e democrática para todos brasileiros e brasileiras.

Elisângela Araújo, viajou de Feira de Santana, para fortalecer o desfile por luta por soberania, democracia e direitos da CUT BAhia em Salvador. “Esse 2 de julho tem um significado muito especial celebrando a independência da Bahia, mas para nós trabalhadores do campo e da cidade estamos na resistência por democracia, por Lula Livre, em defesa da soberania dos direitos da classe trabalhadora, assim com governança para o país de inclusão e justiça social”, afirma.

Para Shirlene Souza, diretora do Sincotelba o 2 de Julho é uma das festas mais significativas para luta. “A Independência do Brasil foi decidida aqui na Bahia, através da expulsão das últimas tropas europeias. E hoje anos depois continuamos na luta demonstrando a força da população na luta contra o golpe”, destaca a dirigente.

Dois de julho é começo de novo calendário de lutas

De acordo com o presidente da CUT Bahia, Cedro Silva o 2 de julho é o início do calendário de lutas da CUT nesse segundo semestre de 2018 que segue com atividades no dia 9/7 com Plenária Regional da CUT Bahia, reunião fundamental de preparativos para as lutas e busca de conquistas para a classe trabalhadora neste ano decisivo,outra data importante em nosso calendário é o dia 10/8, o Dia Nacional de Lutas, data que o Brasil vai parar para dizer um basta as tentativas de roubo de direitos e dia 15/8 dia de registro a candidatura de Lula. Todos na luta por Lula Livre , Lula candidato para o Brasil ser Feliz de novo.

carregando