• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CLIMA DA GREVE GERAL É DE MOBILIZAÇÃO TOTAL!

Fique por dentro de algumas das deliberações

Publicado: 11 Junho, 2019 - 16h37

Escrito por: Ascom CUT Bahia - Aline Damazio

notice

A greve geral contra a reforma da Previdência, por mais empregos e não aos cortes da educação está no caminho de uma grande e histórica mobilização.

Nesta segunda-feira (10), o clima da greve já é sentido nas ruas através dos carros de sons que informam sobre o grande ato no dia 14/6, nos panfletos informativos que são distribuídos nas estações, a população é informada que sexta-feira (14), a Bahia vai parar! E principalmente nos dirigentes dos sindicatos que estão na mobilização constante nesses dias que antecedem a greve para alertar cada base, com diálogos e assembleias, que dia da greve geral é para parar!

Para organizar ainda mais a greve geral, dirigentes das centrais CUT Bahia, CTB, UGT, Nova Central, e dos sindicatos Sindipetro, Sindiprev, Metalúrgicos, APUB, Sindiferro, Sindivigilantes, Sindados, Sindpec além dos movimentos popularescomo Comitê Popular Salvador Luta, Movimento Popular da Juventude; Povo Sem Medo; Levante Popular da Juventude; Movimento dos Atingidos por Barragem; Associação Dandara; Movimento dos Sem Terra; Movimento dos Trabalhadores Desempregados estiveram reunidos na sede da CUT para articular as ações, apresentarem sugestões, se agregarem para ajudar o movimento grevista e serem informados dos encaminhamentos para a greve geral do dia 14/6.

Algumas das deliberações foram: será realizada um “esquenta greve” dia 13/6 com o ato “Arrastão Esquenta Greve”, às 15 horas, no Centro. Além da organização de ações de comunicação, panfletagem, mobilização nos bairros, colação de cards nas ruas, colocação de outdoor na Paralela, informando e convocando os trabalhadores, estudantes e famílias para a greve geral.

Ações fundamentais para fortalecer a grande mobilização nacional da greve geral contra a reforma da Previdência.
A luta para barrar essa reforma da Previdência é de cada um de nós!

Já conseguimos em 2017, vamos conseguir novamente nesta sexta-feira, 14/6!

Rumo à greve geral!
Vai ter luta!
Pelo direito a aposentadoria!